Búsqueda avanzada de temas en el foro

Resultados 1 al 2 de 2
Honores2Víctor
  • 1 Mensaje de Hyeronimus
  • 1 Mensaje de Hyeronimus

Tema: Asunción de la Santísima Virgen María

  1. #1
    Avatar de Hyeronimus
    Hyeronimus está desconectado Miembro Respetado
    Fecha de ingreso
    16 ene, 07
    Mensajes
    20,503
    Post Thanks / Like

    Asunción de la Santísima Virgen María

    Madrid / Roma, 15 agosto 2013, fiesta de la Asunción de la Santísima Virgen María. Hoy, cuando parece haberse perdido de vista el verdadero carácter del Papado, tanto en sus atribuciones como en sus signos externos, FARO ha escogido para sus seguidores en redes sociales un breve vídeo: de un noticiario italiano de 1950, imágenes de la proclamación del dogma de la Asunción por S.S. el Papa Pío XII, el 1 de noviembre de aquel año.

    <font face="verdana,sans-serif">

    Agencia FARO
    El Tercio de Lima dio el Víctor.

  2. #2
    Avatar de Hyeronimus
    Hyeronimus está desconectado Miembro Respetado
    Fecha de ingreso
    16 ene, 07
    Mensajes
    20,503
    Post Thanks / Like

    Re: Asunción de la Santísima Virgen María

    Libros antiguos y de colección en IberLibro
    Assunção da Santíssima Virgem



    No dia da Assunção desceu o mesmo Filho de Deus a honrar o triunfo de sua Mãe, acompanhado de toda a corte do céu, anjos e santos, os quais admirados diziam: Quae est ista quae ascendit de deserto, deliciis affluens, innixa super dilectum suam? Quem é esta, que sobe do deserto, não só cheia, mas inundando delícias, sustentada do seu amado? O seu amado é o bendito Filho, primeiro motivo daquela admiração, o qual para maior majestade do triunfo, quis ele ser em pessoa o que levasse de braço a sua Mãe. As delícias ou inundação de delícias, que juntamente admiravam, e das quais não só ia cheia, mas como de fonte redundante manavam e enchiam tudo, não podendo ser as da glória para onde começava a subir, eram sem dúvida as da graça, que na terra e na vida tão imensamente tinha adquirido. Assim comenta este lugar o doutíssimo Cardeal Hailgrino: Affluere autem dicitur gratiarum deliciis, et virtutum; et innixa super dilectum, cujus innitebatur gratiae. Mas o que eu sobre tudo admiro nos mesmos admiradores é que em tal dia e em tal concurso chamem à terra deserto: Quae est ista quae ascendit de deserto? Se toda a corte do céu tinha descido com o seu Príncipe à terra, se despovoado o mesmo céu, todo naquele dia estava junto na terra, donde começava a marchar o triunfo, como se chama deserto? Porque tanto que apareceu a gloriosa triunfante revestida das imensidades de sua graça, maiores na grandeza que todas as delícias que até então se tinham gozado da glória, tudo quanto tinha descido do céu à terra desapareceu à sua vista. Excelentemente S. Pedro Damião: In illa inaccessibili luce perlucens, sic utrorumque spirituum hebetabat dignitatem, ut sint quasi non sint, et comparatione illius, nec possint, nec debeant apparere. Que região mais povoada, é comparação do mesmo santo, que região mais povoada que o céu de noite? Tantos planetas, tantas constelações, tanta multidão de estrelas maiores e menores sem número, mas em aparecendo o sol, o mesmo céu subitamente ficou um deserto porque tudo à vista dele se sumiu e desapareceu, e só ele aparece. O mesmo sucedeu a todas as jerarquias do céu neste dia. Por grandes e inumeráveis não cabiam na terra, mas, tanto que abalou o triunfo e apareceram os soberanos resplendores de graça, ou da Senhora da graça, tudo o mais desapareceu e ficou um deserto: Quae est ista quae ascendit de deserto; porque todas essas jerarquias em sua presença eram como se não foram, ut sint tanquam non sint; e porque todas, em sua comparação, nem podiam nem deviam aparecer, et comparatione illius, nec possint, nec debeant apparere, só apareceu e só se fez menção do seu amado, innixa super dilectum suum, que é nova confirmação desta mesma verdade, porque, junta com a graça de Maria, só a de seu Filho avulta e aparece, por ser graça de Homem-Deus, abaixo do qual, como diz Santo Anselmo, nenhuma se pode considerar, nem entender maior que a de sua Mãe: Qua major sub Deo nequeat intelligi. E isto baste, finalmente, para que todos celebremos e confessemos com os aplausos das vozes, com os afectos dos corações, e com os júbilos e parabéns de toda a alma, que Maria, enquanto Senhora da Graça, ainda em comparação da sua mesma glória, escolheu a melhor parte: Maria optimam partem elegit.

    Padre António Vieira, in “Sermão de Nossa Senhora da Graça”, pregado na Igreja Matriz da Cidade do Pará, cuja festa se celebra no dia da Assunção da mesma Senhora.

    A Casa de Sarto
    El Tercio de Lima dio el Víctor.

Información de tema

Usuarios viendo este tema

Actualmente hay 1 usuarios viendo este tema. (0 miembros y 1 visitantes)

Temas similares

  1. Fiesta de la Santísima Virgen de Covadonga
    Por Hyeronimus en el foro Asturias
    Respuestas: 1
    Último mensaje: 10/09/2012, 08:26
  2. Advocaciones de la Virgen Maria
    Por Defensor_fidei en el foro Religión
    Respuestas: 0
    Último mensaje: 03/08/2011, 01:03
  3. Respuestas: 2
    Último mensaje: 03/10/2009, 12:10
  4. Mensajes de la Virgen María a sus hijos
    Por Hyeronimus en el foro Religión
    Respuestas: 5
    Último mensaje: 18/12/2008, 17:16
  5. Asturias. In memoriam Asunción Laviada
    Por Chanza en el foro Asturias
    Respuestas: 0
    Último mensaje: 17/07/2007, 03:36

Permisos de publicación

  • No puedes crear nuevos temas
  • No puedes responder temas
  • No puedes subir archivos adjuntos
  • No puedes editar tus mensajes
  •